Revisão do Primeiro Trimestre

E chegamos ao final de março de 2021.
E mesmo estando mergulhados no caos, quero te propor que realize uma revisão do SEU primeiro trimestre do ano.

Eu, de verdade, acredito que manter o nosso foco no que está a nosso alcance e controle ajuda muito a seguir firme nesses tempos difíceis. 

E por isso quero te propor um exercício hoje.

Dedique um tempo para avaliar todas as áreas da sua vida.
Como está o andamento do seu planejamento?
Como está a sua saúde? Se dedicou a se cuidar nesse período?
Como foram as finanças?
Como foi o seu convívio em família?
E o seu autocuidado?
Avalie também o seu emocional, como foi em cada mês? Teve relação mais com o externo ou foi mais interno?
O que precisa ser revisto?

Depois de avaliar como foram as áreas da sua vida até aqui dedique um tempo para decidir as ações que quer realizar no próximo trimestre.
Alguma meta nova surgiu e ganhou prioridade?
Que áreas quer dar mais atenção no próximo trimestre?
Que projetos vai se dedicar no segundo trimestre?
O que mais quer acrescentar?
Que ações vai realizar para cuidar do seu emocional? E do seu autocuidado?

“Feito é melhor que perfeito” – o que essa frase nos faz refletir 

Muitos  já devem ter ouvido essa frase em algum momento da vida. Uma frase que nos soa como mais um cliché e no entanto carrega um mundo de significado e reflexão. 

Para mim, ela traz em questão dois pontos muito nocivos para a produtividade: o perfeccionismo e a procrastinação. 

O perfeccionismo pode ser muito nocivo para a sua produtividade por que ele te impede de agir.

De forma consciente,  ou não, a necessidade de que tudo esteja perfeito impede que você avance ou tome decisões importantes de bate pronto.  O medo de ser exposto que sua ação não foi perfeita te impede de realizá-la.

E, cá entre nós, se você não realiza algo nunca saberá se está perfeito ou não, não é mesmo?😉 Fica só na sua mente, se baseando nos seus padrões – que são muito diferentes do restante da população, rs – e inseguranças.

A procrastinação já é sabido o quanto é nociva para a produtividade, e para a vida. 

O deixar para depois, o “não estou conseguindo pensar”, o “agora estou muito cansada”, o “estou muito ocupada” e tantos outros “o” destroem o alcance dos seus objetivos e sonhos. E  são desculpas que fazem muito sentido, não é verdade? Você simplesmente adia o que é importante por que tem muito e-mail para responder, ou qualquer outra coisa e “se perdoa” por que estava ocupada. Quando na verdade foi a procrastinação imperando no seu dia e minando o seu rendimento sem que você perceba. 

E pensando nessa frase – que as vezes parece tão comum de tanto que já ouvi – minha sugestão é FAÇA.

Faça sem medo, faça mesmo cansada, faça mesmo quando não estiver afim, faça mesmo quando achar que poderia ser muito melhor se estudasse mais um pouco, faça!

Longe de mim dizer que devemos fazer as coisas de qualquer jeito ou só por fazer, o que eu venho sugerir hoje nesse post é que você vá além do medo, vá além da incerteza e da cobrança interna, vá além da desculpa esfarrapada que anda dizendo pra si mesma e coloque seus planos em ação!

Ainda tem muito 2016 para agir e concretizar seus sonhos!! Então mãos a obra!! E eu vou junto com você, por que também tenho muito o que agir antes de 2016 acabar. 😉 

Me conta nos comentários em que área vai agir nesse último trimestre.