Um desafio para quem quer criar o hábito de economizar

Dezembro é aquele momento de fazer um balanço do ano que está acabando e começar a planejar o novo ano que já está batendo a nossa porta.

Pensando nisso trago hoje uma forma de economizar dinheiro que vem fazendo sucesso ultimamente para já começar a cuidar da parte financeira a partir de agora, se você quiser.

É o desafio de 52 semanas. Ele é ideal para quem quer juntar dinheiro para aquele objetivo/ desejo especial. Ou para quem quer criar o hábito de juntar dinheiro.

Juntando um valor pequeno por semana você conseguirá um valor expressivo ao final de 52 semanas, ou seja, em um ano.

Quer comprar algo e não está conseguindo?  Quer um dinheiro a mais para aquela viagem?  Quer fazer uma surpresa para uma pessoa que ama sem mexer no seu orçamento?  Embarque nesse desafio com disciplina e dedicação que ao final irá se surpreender como foi fácil juntar R$1.378,00 começando com R$1,00.

 Planilha Desafio 52 semanas

Como funciona:

Você começa com R$ 1,00 (ou um valor maior) na primeira semana e a cada semana acrescenta mais R$ 1,00 (ou mais) ao valor da semana anterior, assim ao fim das 52 você terá juntado R$1.378,00.

Isso mesmo que você leu! 1.378,00!! sabe aquele cafezinho, o docinho? Podem se tornar mais de mil reais na sua poupança.

Estabeleça o dia da semana que irá guardar e siga esse dia com disciplina até se habituar, coloque um alarme no celular ou escreva na agenda para que se lembre de guardar o valor referente a semana.

 

Criei uma planilha para te auxiliar no acompanhamento dos valores a serem guardado e da sua evolução.  Ela está programada com o valor de R$ 1,00, se você quiser fazer com um valor maior é só alterar a primeira célula que as demais serão adequadas automaticamente. 

Clique aqui e aproveite muito!  https://goo.gl/7RHn21

Para quem não tem o hábito de poupar eu sugiro que comece com R$ 1,00 mesmo, pois vai ser mais fácil e você não ficará apegado a valores mais altos.

 

Juntar dinheiro nada mais é do que um hábito aliado a um objetivo.  Quando sabemos para que aquele dinheiro está sendo economizado fica muito mais fácil abrir mão de gastá-lo com outra coisa. Então,  eu sugiro que você já defina o destino do dinheiro desse desafio desde o início. Seja colocando na poupança,  seja no cofrinho, tenha clareza do objetivo, ok?

Ah! E sejamos verdadeiros, tá?  Se você não fizer o desafio como ele é proposto, ou até o fim, estará enganando só a você mesmo, combinado?

Permita-se experimentar esse metodologia,  ela é simples e como todas as coisas simples, ela tem um poder incrível! Na pior das hipóteses você terminará 2018 com um dinheirinho extra para as confraternizações 😉

Acesse e baixe aqui a planilha https://goo.gl/7RHn21

Anúncios

Por que a organização é importante pra mim

Estava conversando esses dias, em uma sessão de coaching, sobre a importância de saber o motivo pelo qual fazemos as coisas. Afinal, motivação vem do motivo pra ação.  

E fiquei pensando sobre os meus motivos pra tudo que faço. E quis compartilhar com vocês o meu motivo pra organização.  

Fez parte da minha criação e se tornou natural pra mim ter um pensamento lógico e pensar em “listas”. Mas mesmo assim quando iniciei minha vida profissional tive dificuldades para dar conta de tudo que tinha pra fazer – faculdade,  trabalho,  apartamento, pais, familiares, etc – e isso me levou a mergulhar e estudar esse universo de organização e produtividade, pra mudar/organizar as coisas na minha vida.  E assim ir além de simplesmente dar conta, e passar a gerenciar meu tempo para deixar de ser escrava de tarefas e compromissos – e post-its para me lembrar das coisas – e passar a fazer melhores escolhas e usar formas mais eficientes para realizar as ações. 

Pra mim o motivo de me organizar,  a principal importância da organização, é que só assim – mantendo a vida organizada – eu consigo ter tempo para me dedicar a tudo e a todos que eu amo e que importam pra mim. 

Hoje atuo profissionalmente em algumas frentes – Tenho um trabalho formal, todas as coisas do blog (textos, imagens,  postagens, serviços,  produtos, pesquisas e etc.),  os atendimentos como coach e como consultora e participo de um projeto que eu amo demais. – que me demandam atividades, dedicação e tempo. 

E ainda assim não abro mão de passar tempo com os meus familiares e amigos, de curtir os filhos das minhas amigas, ou ir jantar ou almoçar com uma amiga com calma e botar os papos em dia.

E se eu não aplicasse as técnicas e princípios da gestão do tempo, da produtividade, na minha vida todos os dias eu não conseguiria dar conta, não conseguiria ter qualidade de vida e dedicar tempo a tudo que realmente importa. 

E posso afirmar que pra mim é muito importante me organizar para tocar o blog e os serviços e produtos que ele oferece, pois tenho com ele o objetivo de que você também perceba porque a organização é importante pra você e assim a aplique no seu dia-a-dia, desde um planejamento ao alcance de uma meta, passando pela organização da sua rotina ou finanças.  E dessa forma encontre meios de também ter mais tempo para o que importa pra você.  

A organização é importante pra mim para que eu tenha tempo para estar com os que eu amo e pra você? 

Me conta nos comentários 😉 

Mais do My Life Planner (com vídeo)

Algumas pessoas tem me perguntado sobre o My Life Planner, e encomendado inclusive, então fiz um vídeo para que vocês vejam mais dele depois de impresso e encadernado. 

Acredito muito no potencial do planner em nos auxiliar a ser mais organizado e produtivo e otimizar o tempo, por isso fiz questão de criar um exclusivo para o blog com os itens que acredito serem importante para otimizar e organizar nosso dia-a-dia.  

Assista ao vídeo e me conte nos comentários o que achou 😉

O My Life Planner é permanente, você pode começar a usá-lo a qualquer momento.  

E como você já sabe, agora pode encomendar o My Life impresso e encadernado e ainda escolher alguns itens como capa, divisórias e número de páginas de alguma sessão. 

Entre em contato conosco e tenha um My Life Planner Livre e Organizada pra chamar de seu ❤❤

https://goo.gl/dVvQWw 

10 formas de organizar as bijuterias 

Os acessórios são sempre um desafio quando falamos de organização.  Diferentes tamanhos e formatos dificultam uma padronização. Normalmente optamos por jogar em caixinhas ou gavetas e desembolar todas as vezes que vamos usar rsrs.

Hoje trouxe opções de formas de armazenar e organizar as suas bijuterias. 

1. Armário dedicado só as bijuterias 

Esse é simplesmente um sonho, um organizador atrás de um espelho, as bijuterias organizadas sem tomar espaço no armário.  E a boa notícia é que se pesquisar na internet já acha esse modelo da foto pronto pra vender.

 2. Forma de gelo

Formas de gelo em gavetas ou prateleiras são ótimas para organizar os brincos e anéis. E ainda são super baratas. Se sua gaveta for funda dá até pra empilhar e fazer dois níveis se a quantidade de itens for grande.

3. Customização de caixas

Você pode ver a quantidade de itens semelhantes e customizar uma caixa que já tenha para armazenar adequadamente. Ou customizar divisórias de papelão e colocar no interior daquela caixa de presente.  

4. Cabides

Cabides são excelentes para organizar as bijuterias maiores que podem ficar penduradas, pois além de impedir que embolem economizam espaços no armário.  

Prenda ganchinhos de alvenaria em um cabide de madeira ou coloque argolas de cortina de box e pendure colares e pulseiras. 

5. Decoração 

Use e abuse da criatividade para usar suas bijuterias na decoração do seu quarto. Além dos objetos de decoração de metal e acrílico que vendem nas lojas, você pode usar outros materiais que atendam ao formato e tamanho das suas bijus.

6. Espumas

Tiras de espuma são ótimas para organizar os brincos, pois te possibilita mantê-los organizados e fixos. Corte do tamanho exato da gaveta ou caixa e enfie os brincos lado a lado. Mantenha a tarracha no brinco para não perdê-la. 

7. Caixas organizadoras de plástico 

Como o nome já diz, elas foram feitas para isso rsrs.  Elas existem em vários tamanhos e configurações,  escolha as que irão melhor atender suas necessidades.  

Tem umas pequenas dessas que são excelentes até para levar em viagens, pois as tampas não abrem facilmente. 

E como o paraíso das Personal Organizeres é um mundo todo etiquetado, sugiro que etiquete suas caixinhas como na foto 😍.

8. Divisórias de gavetas personalizadas 

Você não precisa fazer todo o móvel,  pode encomendar a um marceneiro só as divisórias da gaveta que usará para organizar suas bijus. Tenha clareza do que exatamente tem e o que precisará para que o investimento valha a pena. 9. Caixas lindas

Ah vai! Não dá pra chamar essas caixas só de organizadoras 🙈😂 

Elas já vem com as divisórias definidas, então avalie se o tamanho dos espaços irão mesmo atender as suas necessidades.  Não basta ser linda, tem que ser funcional,  combinado?  

Elas podem ficar em prateleiras no armário ou compor a decoração afinal são lindas 🤗. 

10. Ganchos 

Os ganchos são coringas para quem tem armários que não são de porta de correr. Como eles vem com fita dupla face, pode fixá-los na porta e pendurar os colares. 

E você?  O que usa para organizar suas bijuterias? Me conta nos comentários.  

Obs.: Todas as fotos desse post foram retiradas do Pinterest. Se quiser conferir as postagens originais pode achá-las na pasta organização de casa em nosso perfil clicando nesse link

Priorizar é saber dizer não 

Algumas pessoas acham que foco significa dizer sim para a coisa em que você irá focar. Mas não é nada disso. Significa dizer não às centenas de outras boas idéias que existem. Você precisa selecionar cuidadosamente.” Steve Jobs 

Dar prioridade é colocar em primeiro lugar, e quando colocamos algo como prioridade estamos automaticamente colocando outros em outras posições. 

Porém,  as pessoas pensam que só dizer que um projeto é prioridade basta para fazê-lo acontecer. Quando na verdade esse é só o primeiro passo. 

Como sempre falo, a consciência e a clareza do motivo que faz com que algo seja definido como prioridade é fundamental para que saiba por que ele é muito importante e justifica dizer não a outros “algos”.

Com essa clareza você saberá para onde está indo e principalmente,  por que está indo. 

Então,  para que algo seja de fato prioridade, você terá de começar a dizer não para tudo que surgirá te afastando de sua prioridade. Será o momento de dizer não para aquele evento social que durará a noite toda e prejudicará seu rendimento no dia seguinte, será o momento de dizer não para aquele serviço extra que te oferecerão,  será o momento de dizer não ao tempo maior com a família,  será o momento de não começar novos projetos, será o momento de dizer não as redes sociais, será o momento de dizer não a noitadas com amigos por que quer se dedicar ao novo relacionamento. E muito outros nãos que só você sabe o que será.  

Por isso é tão importante a clareza do objetivo, pois sabendo exatamente para onde está indo, saberá que esses nãos são temporários,  e que o que eles resultarão valem a pena. 

E isso vale para os grandes planos e projetos, e vale também para as ações do dia-a-dia, afinal essas ações estão ligadas aos seus objetivos e sonhos, não é mesmo? 

Se colocou a elaboração de um relatório como a priodade do dia, diga não as demandas que virão por email e telefone até que o relatório esteja concluído. 

Por exemplo,  no momento em que comecei a escrever esse texto o coloquei como prioridade, e mesmo estando no celular disse não as notificações das redes sociais e só vou olhar depois de escrever e revisar. Pois sei porque esse texto é importante e também sei que terei tempo depois para olhar as redes. Se eu dissesse que ele é a prioridade da tarde de hoje e parasse a cada nova notificação, eu não teria dado de fato prioridade para o texto, e com isso eu levaria o triplo do tempo e correria o risco de perder a qualidade, ou até mesmo não acabar de escrever. Percebe? Uma atividade poderia não ser concluída por eu não dar de fato a prioridade necessária. 

E usei como exemplo uma atividade única, imagina os efeitos em um novo projeto que precisa de atenção e dedicação para deslanchar? E que você continua dizendo sim para todas as demandas paralelas que te levam para cada vez mais longe. 

Isso vale para todas as áreas da vida. Escolha com consciência as suas prioridades e lhes dê a prioridade necessária. E tenha clareza que como consequência será muito importante dizer não ao que te afasta dessas prioridades. 

Me conta nos comentários como faz para priorizar seus objetivos,  com certeza irá ajudar alguém que lerá esse post. 

Os sete fatores que nos impedem de tirar as ideias do papel (ou da cabeça) 

Ao longo do livro Equilíbrio e Resultado Christian Barbosa fala sobre tudo que nos impede, ou nos incentiva, a ter uma vida equilibrada com resultados em todas as áreas da vida. 

E dedica uma parte para explicar por que nossas idéias não saem do papel, o que me chamou muito a atenção e por isso quis dividir com vocês neste post. Ele destaca que a questão está em quando procrastinamos de forma crônica, com as coisas que não podem ser adiadas.

No livro Christian apresenta, como resultado de uma pesquisa, os sete fatores que nos levam à procrastinação e a adiar a realização dos nossos objetivos e sonhos. Vamos conhecê-los um pouquinho?

1 – Falta de Tempo

A desculpa mor dos tempos modernos, rsrs. Christian afirma que em muitos casos o problema é o uso inadequado do tempo com coisas desnecessárias, sem importância ou que não ajudam suas idéias a sair do lugar. 

E eu sempre cito as redes sociais como uma das grandes vilãs, né?  Uma olhadinha rápida pode durar uma, duas horas, tempo que vale ouro.  

Quando nos focamos – tirando as atividades que não acrescentam – e priorizamos o que é importante encontramos o tempo necessário. 

2. Cérebro não treinado

Nesse fator ele traz uma informação preciosa, na minha percepção.  Ele diz que a procrastinação tem um lado fisiológico,  pois ela está ligada a impulsividade, ao fato de escolher algo em vez de outro (normalmente algo mais “legal” naquele momento). O que chamou me atenção, pois normalmente achamos que a procrastinação está ligada a falta de ação, não é mesmo?

Segundo ele, quando se tem baixa ativação ou algum dano no córtex pré-frontal, pode aumentar seu nível de procrastinação, perda de atenção e desorganização. 

Aí entra a importância do cérebro treinado, pois é possível treinar para ter uma atitude mental que evite as distrações e te mantenha focado no que precisa ser feito. 

3. Falta de Energia 

“Energia é o combustível da vida, aquilo que lhe dá a disposição necessária para enfrentar os desafios e as experiências que a vida reserva para você.” Assim Christian define a energia.

Ele diz que ela é gerada por fatores físicos, mentais, emocionais e espirituais que quando negligenciados acabam por drenar a energia.E sem ela fica muito difícil realizar as tarefas que se propôs a fazer. 

Então,  qualidade do sono, alimentação,  fé, saúde,  qualidade dos relacionamentos e outros são essenciais para alimentar e manter a nossa energia. 

4. Medos

Todos temos medo, é natural. O problema, segundo Christian, é que para muitos o medo se torna um paralisador em vez de um propulsor de planejamento e preparação.

Ele diz que o medo tem três caminhos na procrastinação: o medo do fracasso, o medo do desconhecido e o medo do sucesso (sim! acredite, podemos ter medo da sobrecarga que o sucesso trará).

Se conhecer esses medos e conseguir identificar quando um deles está te travando pode ser a diferença entre realizar ou procrastinar.

5. Falta de relevância 

Christian diz que quando não temos clareza da importância do que vamos realizar não temos motivação pra fazer. 

Sabe aquele relatório que você sabe que não vai servir pra nada e você enrola pra fazer até seu chefe cobrar?  Então, usamos o mesmo critério pra tudo, se não sabe se é importante ou por que é importante ver o Facebook ou assistir um seriado vira prioridade. 

Busque e se conecte com o porquê mais profundo dos seus objetivos e lembre-se dele nos momentos que a distração surgir.

6. Autossabotagem

Somos nossos maiores incentivadores e desmotivadores.  Quando as pessoas não acreditam em si mesmas Christian diz que elas assumem um papel de vítima ou de sem sorte e acabam inconscientemente se colocando pra baixo e com isso não executam o que precisa.

“Será que você não está se autossabotando sem perceber? Será que não está deixando os pensamentos sabotadores destruírem toda a sua vontade de executar?” O que você responderia hoje às perguntas do Christian?  

7. Preguiça 

Não é a toa que ela é um pecado capital, rsrsrs

Christian afirma que a preguiça é natural do ser humano,  o problema está quando se torna crônico e o faz procrastinar. “A preguiça mina sua vontade, sua capacidade de agir, instiga seus medos, sua autossabotagem, consome sua energia, seu tempo e ainda abarrota seu cérebro com um monte de interrupções.” 

Ou seja, ela une ou promulga todos os outros fatores  e por isso precisa ser vigiada de perto. 

Christian explica que entender os fatores que impedem suas ideias de saírem do papel – ou da cabeça – é muito importante para conseguir manter a procrastinação sob controle. “Pense nos fatores que afetam a execução de sua ideia, faça uma autoanálise sobre como eles se manifestam no momento em que você procrastina e questione-se sobre o que pode fazer para mudar esse padrão.”  

E eu te convido a fazer uma reflexão e anotar em um papel quais desses fatores estão te impedindo de alcançar suas metas e ter a vida extraordinária que merece ter. E então anotar em um papel que estratégias pode adotar a partir de agora para diminuir a influência desses fatores na sua vida. 

Me conta nos comentários como foi. 

Quadro dos Sonhos (Dream Board) – o que é e como usar 

O quadro dos sonhos – também chamado de dream board ou vision board – é uma ferramenta poderosa na organização e planejamento de objetivos de curto, médio e longo prazo. Pois está vinculado a visualização que é um recurso poderoso para o alcance de metas.  Quanto mais você se vê tendo alcançado seu objetivo, sentindo os sentimentos dessa conquista mais envia estímulos ao seu subconsciente de que essa é a sua realidade e ele se move nessa direção. 

Fonte: Pinterest

Ele consiste em você colocar em um quadro, de qualquer material ou tamanho – podendo ser até impresso em um papel grande – imagens e símbolos que representem os seus objetivos de curto, médio e longo prazo.  Usa-se imagens, palavras, símbolos, deixe a criatividade fluir na hora de montar, pode usar recorte de revistas, imagens impressas,  letras separadas,  enfim, tudo que te remeta a sua meta assim que o olhar. Ele concentra representações dos seus sonhos e de quem você quer ser em um futuro breve.  

O intuito é que sempre que bata os olhos se lembre – sem precisar pensar ou parar e pensar o que aquela imagem quer dizer – que todo o quadro te desperte sentimentos positivos, esperança e motivação.  Lembra da história do “uma imagem fala mais que mil palavras”?  Aqui ela se aplica na prática. 

Fonte:Pinterest 

Escolha poucos itens, mas itens que desperte emoções positivas fortes em você. Escolha os mais importantes ou os mais relevantes e desfiadores para serem representados, escolha objetivos que vão além de bens materiais também. E tenha cautela pois se poluir demais o quadro ele irá te confundir mais que motivar (lembra que tem de bater o olho e já sentir?). 

Mantenha seu quadro em um local de fácil visualização,  de preferência no quarto onde possa ver antes de dormir e ao acordar. Olhe para ele nesses dois momentos do dia e se conecte com os sentimentos,  se veja vivendo uma vida em que esses objetivos foram alcançados e esteja aberto para os sentimentos que provocam e as ideias que surgem para realizá-los. Tire um minuto todo dia para esse exercício,  ele te ajudará muito a manter o foco. 

Fonte: Pinterest

Eu sugiro também que tenha uma foto desse quadro na sua agenda ou no celular para que tenha sempre a mão quando precisar de um “gás” a mais ou precisar se lembrar do por quê está fazendo o que está fazendo.  

E você?  Já usou o quadro dos sonhos? Como foi?  Como fez? Me conta nos comentários.