Blocos de Tempo – O que é e como usar

Recebo muitas perguntas sobre como manter o foco e conseguir realizar as tarefas que precisam dar conta todos os dias.

E além da regra número zero, como falo lá no Instagram, que é anotar tudo que tem pra fazer, eu normalmente sugiro que experimente trabalhar por blocos de tempo e é sobre o que quero falar aqui hoje .

Mas o que são esses blocos de tempo?

O princípio dessa metodologia é que você realize uma ÚNICA atividade por um período de tempo. Esse período pode variar de acordo com a sua realidade e necessidade, mas recomenda-se que não seja inferior a 15 minutos, pois levamos de 1 a 3 minutos para estar 100% focados e concentrados na atividade. Então para tirar melhor proveito desse foco mantenha-se nessa atividade por um tempo, de no mínimo 25 minutos.

O mais importante aqui é que você se dedique a uma ÚNICA atividade mesmo.

Então coloque um alarme ou cronômetro e dedique-se a fazer só essa atividade até que ele toque. Desligue de todo o resto e dedique-se ao que estiver fazendo, assim irá aproveitar ao máximo os benefícios do foco.

Antes de começar certifique-se de que poderá se concentrar na atividade. Coloque o celular no silencioso ou modo avião (se puder, guarde na gaveta),  avise aos colegas que está em uma atividade que não pode ser interrompida, tire o telefone fixo do gancho, enfim garanta que só será interrompida se algo estiver pegando fogo kkkk.

E em quais atividades devo usar o bloco de tempo?

Isso depende totalmente de você e até mesmo do seu dia. Avalie onde você precisa de mais foco e atenção – seja pela característica da tarefa ou pelo prazo (algo que você precisa entregar a tarde vale um bloco de tempo na parte da manhã para ser finalizado, por exemplo).

Outra aplicação que funciona bem é para aqueles dias que você tem que dar conta de tarefas de áreas diferentes. Usar um bloco para cada área pode te ajudar a se manter centrada sem dar aquela surtada, que conhecemos bem, rsrs, tentando fazer tudo ao mesmo tempo. Avalie quanto tempo pode ou precisa dedicar pra cada área.

E o principal – que eu não canso de repetir – é você experimentar várias vezes pra entender o que e como funciona pra você. Não economize nos testes, faça com tempos diferentes, para atividades diferentes, em dias diferentes, com humores diferentes. Teste, teste e teste até ter clareza dos melhores usos.

Acredito muito que magia da organização é quando a customizamos ao máximo pra nossa vida, por isso que faço questão de ajudar meus clientes de atendimento individual a construírem o seu sistema de organização próprio, dando atenção as suas prioridades e áreas da vida.

Revisão do Primeiro Trimestre

E chegamos ao final de março de 2021.
E mesmo estando mergulhados no caos, quero te propor que realize uma revisão do SEU primeiro trimestre do ano.

Eu, de verdade, acredito que manter o nosso foco no que está a nosso alcance e controle ajuda muito a seguir firme nesses tempos difíceis. 

E por isso quero te propor um exercício hoje.

Dedique um tempo para avaliar todas as áreas da sua vida.
Como está o andamento do seu planejamento?
Como está a sua saúde? Se dedicou a se cuidar nesse período?
Como foram as finanças?
Como foi o seu convívio em família?
E o seu autocuidado?
Avalie também o seu emocional, como foi em cada mês? Teve relação mais com o externo ou foi mais interno?
O que precisa ser revisto?

Depois de avaliar como foram as áreas da sua vida até aqui dedique um tempo para decidir as ações que quer realizar no próximo trimestre.
Alguma meta nova surgiu e ganhou prioridade?
Que áreas quer dar mais atenção no próximo trimestre?
Que projetos vai se dedicar no segundo trimestre?
O que mais quer acrescentar?
Que ações vai realizar para cuidar do seu emocional? E do seu autocuidado?

Faça o que precisa ser feito e não só o que é legal

Outro dia eu ouvi que ser adulto é fazer mesmo o que não quer fazer. E acredito muito que é isso mesmo.

E está diretamente ligada a produtividade,  quantas vezes procrastinamos coisas importantes por que não é “gostosinho” de ser feito?

Nosso cérebro está sempre nos levando para o caminho mais fácil,  que exija menor esforço, e quando estamos desconectados dos nossos objetivos tendemos a seguir esse caminho, que normalmente nos leva a muito menos resultados e frustração. 

Quando temos clareza de por que temos essa ou aquela meta, sabemos que cada ação importa muito para que a alcance então fazemos o que precisa ser feito.

Meu convite hoje é para você olhar para as suas responsabilidades,  objetivos e metas e avaliar onde está deixando de fazer o que precisa ser feito. Defina como vai mudar esse cenário,  tenha clareza da importância de fazer essas coisas – mesmo que não sejam prazerosas –  para onde você quer chegar ou até mesmo para se manter onde está hoje.

Minha dica é que você conecte essas tarefas ao propósito que estão envolvidas para que elas façam sentido ao serem realizadas. E, se forem muito desafiadoras, defina recompensas. Assim acostuma seu cérebro a ver essas tarefas como uma coisa boa a ser feita.

Me conta nos comentários que estratégia utiliza para fazer o que precisa ser feito, quem sabe ajuda a alguém por aqui.

05 anos !!

Pisquei e chegamos a 2021 e ao quinto ano do blog! Ainda lembro da minha empolgação lá em 2016 ao definir cada detalhe da página durante os dias de carnaval. Escolhendo as cores, o nome, o layout, escrevendo o primeiro texto.

Quando eu criei o blog não tinha nenhuma ideia como seria, de para onde iria, muito menos quanto tempo eu o manteria. Só queria um lugar para compartilhar um assunto que tanto amava.
Pois cheguei até aqui – quase 100 textos e 1000 postagens no Instagram – 05 anos depois, muito feliz e grata, por ter decidido começar lá em 2016.

Ao longo desses anos, entender que isso era o meu propósito e que eu queria de fato fazer disso meu caminho profissional, me gerou muito movimento (e até muito travamento, rsrs) interno e externo. Foi um longo caminho para entender e aceitar essa verdade, que gritava aqui dentro e eu não queria ouvir.

E olhando pra trás o meu sentimento é de felicidade e muita gratidão,  por tudo que trilhei até aqui. E, tendo hoje maior clareza de tudo que ainda quero trilhar, a empolgação virou minha companheira.

Eu acredito verdadeiramente que a organização é o caminho para que as pessoas tenham mais paz e tranquilidade no seu dia-a-dia e sei que muitas poderiam estar aproveitando melhor a sua trajetória de vida se fizesse uso desse recurso de forma adequada.

Cada vez que uma dica ou sugestão ajuda uma pessoa a organizar nem que seja uma coisinha na vida, essa certeza se reforça e me lembra de por que comecei e por que quero tanto continuar seja por aqui, seja nos atendimentos individuais ou nas redes sociais.

Cada cliente satisfeita, que me manda mensagem do que está aplicando faz minha empolgação crescer ainda mais. E quero estudar, testar, pesquisar mais para trazer mais possibilidades de aplicar essa organização no que faz sentido pra você e de forma personalizada, afinal, somos únicas!

Então, conto com você para que estejamos juntas por mais 05, 10, 15 anos por aqui. Vamos?

Me conta nos comentários se já aplicou algo que viu aqui no blog! Amo saber essas coisas, alimenta a minha alma 🙂

Qual a diferença entre sonhos, objetivos e metas?

Sempre falo muito de ter clareza e priorizar os seus objetivos, e me dei conta que ainda não tinha feito um texto pra cá com as definições de objetivo.

Então, vou ampliar um pouquinho, e hoje vamos falar da diferença entre sonhos, objetivos e metas, e como usamos cada um desses. De uma forma simples e resumida com nosso jeitinho prático de ser, rsrs.

Sonho é o desejo  que nasce no coração, é aquilo que faz seu olho brilhar. Pode ser facilmente realizável ou exigir mais esforço ou dedicação para ser alcançado. Quando esse sonho ganha um planejamento ele se torna um objetivo. Ele passa a estar na nossa mente, além do coração. 

Objetivo é quando definimos como vamos fazer, e quais serão as etapas, para realizar o sonho. É trazer para o papel e torná-lo alcançável, a curto, médio ou longo prazo. 
Objetivo é pensar: tá bom, estou sonhando com tal coisa, como vou fazer para chegar lá aonde quero estar?
É o plano macro da viagem, sabe? O sonho é conhecer tal lugar, o objetivo é viajar para tal lugar no mês/ano tal.

Já as metas são as especificações dos objetivos em detalhes. É praticamente o mapa de como chegar ao seu objetivo.

As metas estipulam os passos (ações) e os prazos para a realização do objetivo. Elas necessariamente precisam ter características/informações que te deem a noção real do que você quer e precisa para alcançar esse objetivo. Falei aqui sobre o que é e como definir um meta smart.

Se o objetivo é viajar, as metas devem dizer quando, pra onde, com quem, de que forma, quanto vai precisar, etc.

Perceba que o sonho é o devaneio, é a vontade mais pura e verdadeira, é o querer. O objetivo parte para a definição daquilo que é almejado. E a meta nos traz a clareza do que vai ser preciso para isso.

Então se, por exemplo, o objetivo é cuidar do corpo/imagem/saúde, uma das metas pode ser perder tantos quilos em x tempo, uma outra meta pode ser conseguir correr x quilômetros em tantos meses.

E pra não perder o hábito, quero reforçar aqui a importância da clareza de por que você quer alcançar esse objetivo é isso que vai te servir de combustível pra seguir em frente com as ações mesmo quando as coisas ficarem mais desafiadoras.

Ah! E quero lembrar também que quando falamos de objetivos e metas é essencial que tenha prazo, se não continuamos só no sonho, tá? Repete comigo: objetivos e metas só são isso se tiverem prazos e métricas muito claras, combinado?

Não fica só no mundo dos sonhos não, com planejamento e força de vontade você consegue tornar seus sonhos realidade. Em vez de ficar aí se lamentando que sempre quis muito uma coisa e nunca aconteceu, assuma a responsabilidade e coloque no papel tudo que você precisaria pra que isso vire realidade. Se for realmente inalcançável você pelo menos vai ter essa clareza e tirar da sua cabeça, se for viável já vai saber como fazer.

Conte comigo para te ajudar a se organizar e ser mais produtiva para colocar tudo isso em prática e pra celebrar quando esses sonhos virarem realidade.

Como andam seus objetivos e metas para 2021? Já está andando com o seu planejamento? Tem uma dica legal sobre esses três? Me conta aqui nos comentários.