Faça o que precisa ser feito e não só o que é legal

Outro dia eu ouvi que ser adulto é fazer mesmo o que não quer fazer. E acredito muito que é isso mesmo.

E está diretamente ligada a produtividade,  quantas vezes procrastinamos coisas importantes por que não é “gostosinho” de ser feito?

Nosso cérebro está sempre nos levando para o caminho mais fácil,  que exija menor esforço, e quando estamos desconectados dos nossos objetivos tendemos a seguir esse caminho, que normalmente nos leva a muito menos resultados e frustração. 

Quando temos clareza de por que temos essa ou aquela meta, sabemos que cada ação importa muito para que a alcance então fazemos o que precisa ser feito.

Meu convite hoje é para você olhar para as suas responsabilidades,  objetivos e metas e avaliar onde está deixando de fazer o que precisa ser feito. Defina como vai mudar esse cenário,  tenha clareza da importância de fazer essas coisas – mesmo que não sejam prazerosas –  para onde você quer chegar ou até mesmo para se manter onde está hoje.

Minha dica é que você conecte essas tarefas ao propósito que estão envolvidas para que elas façam sentido ao serem realizadas. E, se forem muito desafiadoras, defina recompensas. Assim acostuma seu cérebro a ver essas tarefas como uma coisa boa a ser feita.

Me conta nos comentários que estratégia utiliza para fazer o que precisa ser feito, quem sabe ajuda a alguém por aqui.

Qual a diferença entre sonhos, objetivos e metas?

Sempre falo muito de ter clareza e priorizar os seus objetivos, e me dei conta que ainda não tinha feito um texto pra cá com as definições de objetivo.

Então, vou ampliar um pouquinho, e hoje vamos falar da diferença entre sonhos, objetivos e metas, e como usamos cada um desses. De uma forma simples e resumida com nosso jeitinho prático de ser, rsrs.

Sonho é o desejo  que nasce no coração, é aquilo que faz seu olho brilhar. Pode ser facilmente realizável ou exigir mais esforço ou dedicação para ser alcançado. Quando esse sonho ganha um planejamento ele se torna um objetivo. Ele passa a estar na nossa mente, além do coração. 

Objetivo é quando definimos como vamos fazer, e quais serão as etapas, para realizar o sonho. É trazer para o papel e torná-lo alcançável, a curto, médio ou longo prazo. 
Objetivo é pensar: tá bom, estou sonhando com tal coisa, como vou fazer para chegar lá aonde quero estar?
É o plano macro da viagem, sabe? O sonho é conhecer tal lugar, o objetivo é viajar para tal lugar no mês/ano tal.

Já as metas são as especificações dos objetivos em detalhes. É praticamente o mapa de como chegar ao seu objetivo.

As metas estipulam os passos (ações) e os prazos para a realização do objetivo. Elas necessariamente precisam ter características/informações que te deem a noção real do que você quer e precisa para alcançar esse objetivo. Falei aqui sobre o que é e como definir um meta smart.

Se o objetivo é viajar, as metas devem dizer quando, pra onde, com quem, de que forma, quanto vai precisar, etc.

Perceba que o sonho é o devaneio, é a vontade mais pura e verdadeira, é o querer. O objetivo parte para a definição daquilo que é almejado. E a meta nos traz a clareza do que vai ser preciso para isso.

Então se, por exemplo, o objetivo é cuidar do corpo/imagem/saúde, uma das metas pode ser perder tantos quilos em x tempo, uma outra meta pode ser conseguir correr x quilômetros em tantos meses.

E pra não perder o hábito, quero reforçar aqui a importância da clareza de por que você quer alcançar esse objetivo é isso que vai te servir de combustível pra seguir em frente com as ações mesmo quando as coisas ficarem mais desafiadoras.

Ah! E quero lembrar também que quando falamos de objetivos e metas é essencial que tenha prazo, se não continuamos só no sonho, tá? Repete comigo: objetivos e metas só são isso se tiverem prazos e métricas muito claras, combinado?

Não fica só no mundo dos sonhos não, com planejamento e força de vontade você consegue tornar seus sonhos realidade. Em vez de ficar aí se lamentando que sempre quis muito uma coisa e nunca aconteceu, assuma a responsabilidade e coloque no papel tudo que você precisaria pra que isso vire realidade. Se for realmente inalcançável você pelo menos vai ter essa clareza e tirar da sua cabeça, se for viável já vai saber como fazer.

Conte comigo para te ajudar a se organizar e ser mais produtiva para colocar tudo isso em prática e pra celebrar quando esses sonhos virarem realidade.

Como andam seus objetivos e metas para 2021? Já está andando com o seu planejamento? Tem uma dica legal sobre esses três? Me conta aqui nos comentários.

Projeto Planeje-se 2021

2020 foi um ano muito desafiador. Que mexeu demais com as nossas vidas, nossa rotina, nosso emocional.

E a proximidade da chegada de 2021 trouxe otimismo para alguns e pouca esperança para outros.

Para mim não foi diferente e pensando em como poderia contribuir para que 2021 seja mais promissor criei o Projeto Planeje-se 2021. E quero te contar sobre ele no post de hoje.

Minha contribuição para que o seu 2021 seja de resultados, de conquistas, de autoestima, de progresso mesmo é te auxiliar a elaborar um planejamento para o ano que vá muito além de uma listas de desejos, ou de coisas inalcançáveis que te empolgam no primeiro momento, mas depois te causam ansiedade a acabam na gaveta antes mesmo do Carnaval. É segurar na sua mão na elaboração do seu planejamento para que ele seja efetivo em te levar em direção dos seus objetivos.

Então para que 2021 seja diferente, que você tenha empolgação para executar seu plano por todo o ano, criei atividades que gradualmente, durante duas semanas, vão te auxiliar na elaboração de um planejamento completo, tecnicamente eficaz e, principalmente, muito conectado com a sua verdade.

Eu sei bem como é fazer listas na empolgação do Réveillon e chegar no dezembro seguinte frustrada por não ter realizado quase nada do que escreveu ali. E de siquer lembrar por que colocou um item ou outro na lista. Com esse projeto quero que você vá no caminho exatamente oposto, e tenha em mãos um guia para trilhar rumo ao alcance dos seus objetivos em 2021.

Até para você que está mais pessimista quanto a 2021, esse projeto serve para te dar algo pra se animar e incentivar ao ver o plano de ação pronto e como pode alcançar o que deseja. Tenho certeza que vai te dar mais segurança e tranquilidade. Mesmo que seja só uma meta, já vai ser um caminho a seguir mesmo em tempos nebulosos.

Meu maior desejo é que ao final de 2021 estejamos aqui celebrando um ano melhor e muitas conquistas alcancadas por terem seguido esse planejamento elaborado agora em Janeiro.

Essa será a última turma desse projeto e iniciaremos em 04/01, então se te despertou o interesse em participar clica aqui para você se inscrever. Serão duas semanas juntas realizando atividades para a elaboração de um planejamento completo para os seus objetivos em 2021.

Me acompanha lá no Instagram no @livreeorganizada que trarei muito mais detalhes sobre o projeto diariamente.

Me conta aqui nos comentários como está o seu ânimo para 2021 e se já fez seu planejamento do ano.

O ano está passando muito rápido ou nós estamos deixando ele passar?

Estava conversando com alguém e no meio da conversa surgiu aquela constatação clássica, de que daqui a pouco já é Natal.

Já reparou que sempre falamos isso espantados e em seguida vem a frase “o ano voou”? E daí vem a minha pergunta do título desse post, pois me gerou uma reflexão que eu fiz um dia desses e quero compartilhar com você.

Partindo do princípio de que continuamos com a mesma quantidade de minutos, horas, dias e meses como podemos mesmo afirmar que o ano está passando mais rápido ou voando? por que temos essa sensação de que não vemos o tempo passar? Já pensou sobre isso? Se sim, me conta nos comentários a que conclusão chegou.

O último quadrimestre do ano iniciou e parece que ele começou semana passada.
Parece mesmo? ou somos nós que ficamos protelando, a realização das ações para alcançar os objetivos por que “tem tempo” e agora nos damos conta que o ano não fica esperando sairmos da inércia?

O tempo continua correndo e a vida acontecendo quer estejamos desfrutando deles ou não. E o uso que faremos do tempo é totalmente escolha nossa.

Eu mesmo comecei a escrever esse texto no dia 04 e só hoje terminei, pois outras ações do dia-a-dia se sobrepuseram.

E percebo que isso é o que acontece com a maioria das pessoas, fazemos tantas coisas que passamos a maior parte do tempo indo de uma tarefa para outra que, se não nos policiarmos, não vemos o dia passar. E muitas vezes somos movidos pelas demandas e nem avaliamos se aquela atividade ou projeto está de acordo com os objetivos e planos traçados lá no início do ano.

Aproveite esse último quadrimestre de 2018 para assumir as rédeas do seu tempo e dos seus planos. Faça uma análise do que planejou para realizar esse ano, avalie se ainda fazem sentido pra você e se estão de acordo com os seus objetivos e se são possíveis de realizar ainda esse ano. Defina as prioridades e dedique tempo para o lazer. Viva esse restinho de 2018, pois ainda temos muito ano pela frente.

Escolha com consciência como quer lembrar de 2018. Quer lembrar como um ano que simplesmente passou e você nem viu ou quer que seja um ano que foi especial e que colecionou bons momentos e resultados?

Estou de volta por aqui, e por todos os canais do blog, trazendo muitas novidades, pois quero lembrar de 2018 como o ano em que contribui para que você tivesse um ano único e inesquecível com os resultados que deseja.

Vamos lá?

Quadro dos Sonhos (Dream Board) – o que é e como usar 

O quadro dos sonhos – também chamado de dream board ou vision board – é uma ferramenta poderosa na organização e planejamento de objetivos de curto, médio e longo prazo. Pois está vinculado a visualização que é um recurso poderoso para o alcance de metas.  Quanto mais você se vê tendo alcançado seu objetivo, sentindo os sentimentos dessa conquista mais envia estímulos ao seu subconsciente de que essa é a sua realidade e ele se move nessa direção. 

Fonte: Pinterest

Ele consiste em você colocar em um quadro, de qualquer material ou tamanho – podendo ser até impresso em um papel grande – imagens e símbolos que representem os seus objetivos de curto, médio e longo prazo.  Usa-se imagens, palavras, símbolos, deixe a criatividade fluir na hora de montar, pode usar recorte de revistas, imagens impressas,  letras separadas,  enfim, tudo que te remeta a sua meta assim que o olhar. Ele concentra representações dos seus sonhos e de quem você quer ser em um futuro breve.  

O intuito é que sempre que bata os olhos se lembre – sem precisar pensar ou parar e pensar o que aquela imagem quer dizer – que todo o quadro te desperte sentimentos positivos, esperança e motivação.  Lembra da história do “uma imagem fala mais que mil palavras”?  Aqui ela se aplica na prática. 

Fonte:Pinterest 

Escolha poucos itens, mas itens que desperte emoções positivas fortes em você. Escolha os mais importantes ou os mais relevantes e desfiadores para serem representados, escolha objetivos que vão além de bens materiais também. E tenha cautela pois se poluir demais o quadro ele irá te confundir mais que motivar (lembra que tem de bater o olho e já sentir?). 

Mantenha seu quadro em um local de fácil visualização,  de preferência no quarto onde possa ver antes de dormir e ao acordar. Olhe para ele nesses dois momentos do dia e se conecte com os sentimentos,  se veja vivendo uma vida em que esses objetivos foram alcançados e esteja aberto para os sentimentos que provocam e as ideias que surgem para realizá-los. Tire um minuto todo dia para esse exercício,  ele te ajudará muito a manter o foco. 

Fonte: Pinterest

Eu sugiro também que tenha uma foto desse quadro na sua agenda ou no celular para que tenha sempre a mão quando precisar de um “gás” a mais ou precisar se lembrar do por quê está fazendo o que está fazendo.  

E você?  Já usou o quadro dos sonhos? Como foi?  Como fez? Me conta nos comentários.