03 anos de Blog e muita reflexão

Semana passada comemorei o aniversário de três anos do blog.
A cada ano que se completa me traz um momento de reflexão que se resume em gratidão.

E hoje quero dividir com você a minha reflexão.

Me sinto uma privilegiada por fazer algo que me faz tão feliz. Sei que muitas pessoas não conseguem falar isso dos seus trabalhos e eu sou grata por poder falar isso de verdade de tudo que faço profissionalmente.

Aqui no blog nesses três anos foram muitos textos, muitos posts, muitas dicas, muitos serviços prestados e produtos entregues – nem tantos quantos eu gostaria, é verdade rsrs. E é bem claro pra mim que 03 anos é só o início de uma caminhada que eu espero que dure muitos e muitos anos.

O blog começou a nascer em meu coração em uma fase de descobertas e redescobertas onde a vontade de fazer a diferença para as pessoas ao meu redor se tornou cada vez mais latente, até se materializar em um blog que falaria de organização pessoal e produtividade teve todo um período de amadurecimento da ideia, da vontade, do conceito e da coragem de me expor. E nem de longe eu imaginei que ao completar 03 anos ofereceria os serviços e produtos que ofereço hoje.

Na verdade, hoje acredito que ele começou a surgir há muito mais tempo quando em uma resolução de ano novo eu decidi que ía mudar a minha forma de organizar meu tempo e minhas atividades, após passar um 25/12 revisando um relatório.

Estava muito cansada e sobrecarregada, com zero de tempo pra simplesmente ficar a toa. Mesmo os momentos em família, ou com o namorado, me faziam sentir como cumprindo compromissos, ou pior, deixando de fazer algo do trabalho. E vale ressaltar que eu amava demais meu trabalho e tinha muito prazer em trabalhar infinitamente, ninguém me obrigava a trabalhar tanto, eu que queria tudo perfeito, queria dar conta de tudo e cumprir os prazos. Tinha – como tenho até hoje – um imenso prazer em ver os resultados do meu trabalho. Não sofria em trabalhar tanto, mas era óbvio que não era mais saudável pra mim.

E foi então quando comecei a aprender que posso sim me organizar e gerir meu tempo para ser feliz e estar inteira em todas as áreas da minha vida, mesmo que até hoje ainda encontre desafios para isso. E acredito que ali em 2009 eu comecei a me preparar para o Livre e Organizada mesmo sem saber que ele existiria.

O blog não era uma meta de longo prazo quando comecei – e continuei – a estudar esses assuntos, mas hoje ele é realidade na minha vida e mais do que meta de longo prazo é a minha missão.

Minha gratidão a você que me acompanha, que é ou foi meu cliente. Nesse terceiro aniversário eu deixo aqui o meu compromisso de continuar por aqui dando o meu melhor, me dedicando a aprender e a compartilhar com você os meus aprendizados e aplicar tudo isso em nossos serviços.

Planejamento de ano novo é muito diferente de lista de desejos

Dezembro chega e o ímpeto de desejar coisas para o novo ano se instala.  

É um sentimento de renovação e esperança maravilhoso. Você tem certeza que tudo será diferente.  Pensar que o novo ano será muito melhor do que o que está acabando nos motiva e estimula.  E simplesmente fazemos uma lista com TUDO que desejamos para o novo ano e chamamos de “resoluções de ano novo”, que se perdem assim que carnaval acaba e o ano começa pra valer rsrsrs. 

Eu, particularmente, acho ótimo fazer listas para tudo nessa vida. E por isso não condeno a lista de desejos para o novo ano, pelo contrário acho bom você colocar no papel (físico ou virtual) tudo que deseja e almeja. Tudo mesmo,  inclusive os sonhos que parecem inalcansáveis mesmo com o otimismo de ano novo. 

Mas acho muito importante – já que meu papel aqui é trazer mensagens que te ajude a trilhar o caminho dos resultados – esclarecer pra você que isso não é planejamento. Se não há metas e prazos, não é planejamento, é lista de desejos, ok? Não me xingue, é a verdade kkkk🙈🙈

Escrever na sua lista que vai emagrecer 10 quilos sem estabelecer como fará isso, é desejo. Escrever que irá emagrecer 10 quilos até o mês x – e para isso fará uma reeducação alimentar com nutricionista e irá iniciar uma atividade física três vezes por semana – é um planejamento. Percebe a diferença?  

Tire um tempo para fazer o seu planejamento de ano novo. Extraia da sua lista de desejos os principais objetivos, aqueles que você quer muito realizar, aquele que você “precisa” que aconteça, e então faça um planejamento detalhado para eles. Torne-os metas para que você acompanhe ao longo do ano e faça as adaptações necessárias. Falamos aqui  sobre elaboração de metas, lembra? 

Quando traçamos metas ganhamos uma direção a seguir. Passamos a ter um rumo a seguir. Não que ele não vá mudar ao longo do caminho, mas como você sabe onde quer chegar os desvios não te fazem desistir, são só adaptação da rota.

Faça um planejamento para 2017, defina quem você quer ser e o que quer realizar no novo ano! 

E faça com que seja um ano realmente produtivo e repleto de resultados. 

Obs.: Desenhei um projeto específico para esse fim e início de anos em que quero te ajudar a fazer esse planejamento. Vamos juntos criar metas, prazos, estratégias e recompensas para que esses sonhos se tornem realidade em 2017. Me mande um email para ter mais informações.