Como definir metas SMART

Quando falamos aqui de definição de objetivos mencionei que eles precisam ser “quebrados” em metas. Hoje vamos falar sobre como formular essas metas que nos levarão a atingir nossos objetivos de curto, médio e longo prazo.

Uma meta é como se fosse um degrau para o nosso objetivo, que está lá no topo. São etapas que nos levarão a alcançar o objetivo.

Para ser efetiva, e de fato nos levar aonde queremos chegar, uma meta precisa ser clara e objetiva. Precisa te motivar,  precisa te desafiar e precisa ser parte de algo maior e mais importante.

image

Atualmente a melhor forma de definir metas e pela metodologia SMART. Que define critérios e nos direciona a definir as metas de forma que fiquem claras e bem específicas.

A técnica SMART é um acróstico,  ou seja, uma palavra formada pelas iniciais das palavras.
Para a meta ser SMART ela precisa ser:

eSpecífica
Precisa especificar a meta muito bem para que ela fique clara na sua mente. Não adianta dizer que quer emagrecer, tem de especificar.  Quantos quilos quer emagrecer?  Em quanto tempo? De que forma vai perder peso?

Responda as perguntas – Como? Quando? Onde? Por que? Qual? Quem?

Mensurável
Toda meta precisa de métricas para que perceba se a está atingindo ou não.
Como vai saber de realmente está emagrecendo? Se pesando, certo? Isso é uma forma de mensurar sua meta. Se você estiver pesando x quilos na data y você atingiu a sua meta.

Responda as perguntas – baseado em que vou saber se alcancei? Quantos?

Alcançável
Uma meta precisa ser possível de ser atingida,  precisa te desafiar ao mesmo tempo que é viável de executar. Não significa só definir metas fáceis e sim ser realista, para não desistir no meio do caminho e se frustrar.
Não adianta dizer que vai perder 30 quilos em um mês.  Melhor definir que vai perder 10, 7 em um mês,  ainda é desafiante porém mais possível de se alcançar.

Responda as perguntas – como calculo essa meta? Está de acordo com a minha realidade?  O quanto exigirá de mim?

Relevante
A meta deve estar ligada à algo maior, pois é isso que irá te manter motivado em realizar. A relevância está ligada ao significado do objetivo que está por trás dessa meta.
Se você tem consciência do motivo pelo qual você quer emagrecer isso irá te impulsionar quando vierem as tentações.

Responda as perguntas – Por que? Pra que? Como quero me sentir?

Temporal
Prazo. Toda meta tem de ter um prazo exato para acabar ou não é meta. Isso nos garante a motivação, o foco e a disciplina.
Tem de definir em quanto tempo perderá os quilos que planejou. Perderá x quilos até o dia tal do mês tal.
E o sentimento de realização é maravilhoso quando você alcança uma meta no prazo, não é verdade? Isso que nos move.

Responda as perguntas – quando?  Em quanto tempo? Que data?
Com esses itens bem definidos você terá uma meta SMART definida e pronta para ser alcançada. Não estou dizendo que vai ser fácil por que está definida, estou dizendo que vai ser possível. 

Vale sempre lembrar que cada meta está ligada a um objetivo e interligada com outras metas desse objetivo. Por isso o foco em realizá-las como planejado é tão importante,  assim garantirá que você alcance seus objetivos, seus sonhos. Então disciplina é essencial sempre.

Detalhe ao máximo sua meta, para que sua mente a visualize e gere um sentimento de empolgação, isso fará com que tenha vários recursos internos que te impulsione a persistir e se dedicar para alcançar.

image

O registro dos objetivos de curto, médio e longo prazo te levarão mais longe

image

“Se não importa para onde vai, não importa que caminho vai tomar”. Alice no País das Maravilhas

Ter consciência do que se quer e para quando quer. É disso o que se trata,  para mim, quando falamos de estabelecer objetivos.
Não se trata de nada engessado e quadrado, não é regra que você morrerá se não cumprir exatamente o que escreveu naquele prazo, rsrs. 
É ter uma direção a seguir, para te nortear na hora de fazer escolhas. Seja para que área da vida for, as decisões são mais favoráveis quando elas tem um embasamento. E os objetivos nos ajudam a ter esse embasamento. Se tenho uma meta de economizar x reais por mês por conta do meu objetivo do plano de aposentadoria, isso irá embasar a minha decisão de não comprar algo fora do orçamento, por exemplo.

Objetivo é aquilo que desejamos alcançar  através de uma ação clara e explícita. É aquilo que nos move.  É a nossa bússola. Um objetivo se desdobra em metas, que se desdobra em tarefas e/ou ações.

image

Como você já deve ter percebido, eu sempre bato na tecla de ter a consciência dos seus objetivos. Eu acredito que sem consciência de quem somos e do que queremos, simplesmente seguimos a vida sendo guiados pelos objetivos dos outros. Que nos demandam coisas e necessidades que eles já tem consciência de que precisam. E quando nos damos conta, os anos já passaram e apesar de estar sempre em movimento e “na correria” não alcançamos os nossos grandes sonhos, pelo simples fato de que eles não nortearam as nossas decisões diárias.

Registre seus objetivos, saiba de cor quais são e por que eles são importantes. Tenha os como um norte mesmo.

Então vamos falar sobre a divisão dos objetivos na linha do tempo, os objetivos de curto, médio e longo prazo.

Objetivos de longo prazo são aqueles objetivos a serem alcançados em um prazo acima de cinco anos. Pode ser 10, 20, 30 também,  rsrs. Aqui entram também os objetivos de vida, além do que se quer ter o que você quer ser. 
A mestra Thais Godinho,  do blog Vida Organizada ,  diz– e eu concordo – que os objetivos de longo prazo devem ir além e incluir os planos pra vida mesmo: objetivos de como quer ser lembrada, como quer ter vivido , o que quer ver quando olhar pra trás no fim da vida. Quer ter tido liberdade financeira?  quer ter sido referência na sua profissão?  quer ter sido o melhor pai, a melhor mãe? quer ter sido muito feliz? Inclua esses objetivos na sua lista. 
Defina quais são os seus objetivos pensando no que quer para daqui a cinco, dez anos, para a sua vida. Tenha em mente as grandes áreas da sua vida – familiar, profissional, espiritual, patrimonial, etc – e defina os seus objetivos.
Agora, defina poucos objetivos de longo prazo para que não se sinta sobrecarregada e desista deles pelo caminho por achar que não dará conta.

Os objetivos de médio prazo são aqueles acima de um ano a até cinco anos. São aqueles desejos que ainda não foi possível realizar por que exige um pouco de planejamento, sabe? Aquela viagem ao exterior, ter filho, casar, ter um carro, etc Lembre-se ao definir os seus objetivos de médio prazo que eles devem contribuir para os de longo prazo, assim fica mais

Os objetivos de curto prazo são o agora, os objetivos para até um ano. São os objetivos mais práticos e do dia-a-dia. Eles são os degraus para os objetivos de médio e longo prazo, é o que você pode fazer hoje para conseguir alcançar aqueles objetivos. Se você colocou como objetivo de médio prazo fazer uma viagem para o exterior, defina um objetivo de curto prazo de juntar x reais por ano ( ou por mês) até a data da viagem e um de estudar o idioma do país pra onde vai, por exemplo.

Uma vez seus objetivos traçados destrinche-os em metas e ações. Por que é aí que a ação começa.

Revise sempre seus objetivos,  eles precisam estar claros na sua cabeça para te conduzir no caminho certo. E não se acanhe de mudar de objetivos,  estamos sempre passando por mudanças, por aprendizados e isso se refletem nos objetivos.

Eles tem de refletir você, ok?

Então mãos a obra!
 

Um abraço,
Gheyza Oliveira