A bagunça externa pode ser reflexo da bagunça interna

Ouvi essa frase do título outro dia e ela fez muito sentido para mim. Sempre falo que a mesa de trabalho bagunçada nos deixa confusas, que a bagunça tira o nosso foco, etc. E quando refleti sobre essa frase me dei conta que muitas vezes a bagunça pode não ser só resultado de correria e desorganização. Pode muito mais ser reflexo de um estado emocional, de como a mente anda funcionando, do quanto se está internamente confusa. 

E isso se reproduz no exterior em forma de desorganização.

E como sabemos, não se restringe a mesa, mas se repete nos armários, gavetas e na vida.

image

Sabe a história do automático? Simplesmente vamos vivendo de acordo com o que as circunstâncias, ou pessoas, nos levam, sem nem ao menos perceber o quanto isso está pesando. Os dias e meses passam e você olha a bagunça e diz que não tem tempo para arrumar e ela só aumenta e você diz que está muito ocupada para arrumar. Tem sempre um bom motivo para justificar o estado daquele espaço.

E fica sempre agitada e acelerada (ou sem energia para nada) por que tem de dar conta de muitos afazeres e responsabilidades e que não consegue dar conta de organizar os espaços. E o tempo passa e a bagunça só aumenta e te incomoda ao ponto de você dar um jeitinho, mas não organizar de fato.

E o círculo vicioso se perpetua, por que de verdade tem um porquê por trás que não fica tão evidente às vezes.

Experimente se perceber quando identificar um espaço, ou ambiente seu desorganizado. Como está a sua mente? E os seus sentimentos?  Quais as suas prioridades? O caminho que sua vida está indo te deixa feliz ou inquieta (ou frustrada)? O que a desorganização ali representa para você? 

Avalie e trace novos rumos, ou mude a forma de enxergar e se sentir com a situação que te levou a isso. Se não puder sozinha peça ajuda, tanto para organizar o espaço como para te ajudar a não bagunçar de novo.

Tenho certeza que você terá muito mais energia e disposição e manter a organização vai ser um prazer pra você,  pois vai saber o que isso representa. 

Arregace as mangas e mãos à obra, combinado??  😉

Anúncios

Só dá para organizar o que cabe no espaço

Quando se fala de organização existem 500 milhões de teorias e possibilidades.  E isso é ótimo,  pois somos seres únicos e temos necessidades variadas, então que bom que podemos ter opção. 

Porém,  quando se fala de organizar um espaço – seja armário de roupas, de arquivo, mesas, gavetas – temos de ter em mente que: sim, existem mil opções e formas de organizar esse espaço e otimizar o seu uso, desde que você “caiba” nele.

image

Pinterest

Lembra que sempre falo que bagunça não se organiza? Então,  vou repetir: bagunça não se organiza!!

Não adianta ter todas as opções do mundo, em sistemas de organização, se você tem coisas demais, coisas que não precisa, coisas que não cabem no seu espaço.

Avalie sempre o quanto você precisa de  tudo que tem. Descarte aquilo que não precisa mais, aquilo que não usa há mais um, dois anos, as contas de mais de cinco anos, aqueles itens que tiveram um fim específico. Libere espaço para manter seus ambientes organizados.

Sabe a famosa faxina de final de ano? Faça-a com disciplina e clareza.

Organizar não pode ser esconder bagunça ou dar jeito de enfiar mais itens onde já está cheio. Organizar é otimizar o que você tem – de acordo com o espaço que você tem – para que tenha acesso ao que precisar sem perder tempo procurando. 

Avalie seu espaço e veja o que de fato cabe nele para depois organizar,  combinado? 

Quer se organizar e não sabe como? Me manda um email 😉