Quer se organizar? Crie rotinas para te ajudar

O livro O Poder do Hábito diz que nosso cérebro trabalha para mecanizar ações e criar hábitos para que econonize energia ao máximo.
Por isso que você não precisa pensar para realizar ações corriqueiras, como ao acordar. Você simplesmente levanta, vai ao banheiro, toma banho, escova os dentes e etc sem planejar isso, simplesmente já é um hábito levantar e ir direto ao banheiro ou ir tomar café, já faz parte da sua rotina da manhã.  Assim como fazer o mesmo caminho para o trabalho todo dia.

As rotinas economizam muito tempo, esforço e energia para o nosso corpo e nossa mente.  A partir do momento que se tornam “automáticas” suas atividades diárias ganham agilidade.
As mini rotinas – pequeno grupo de ações com objetivo específico – como chegar do trabalho, tomar banho, se vestir e ir preparar o jantar (nessa sequência). Fazem toda a diferença para o fluir das atividades.  Além de garantir que você fará o que tem de ser feito.
Se você chega no trabalho, liga o computador, olha a sua agenda e caderno de atividades e confere o email todos os dias, essa é a sua rotina de chegada no trabalho, percebe? 😉

A grande questão com as rotinas é que, na maioria das vezes, elas são criadas de forma instintiva e de um modo que roubam tempo em vez de economizar.  E de tanto fazer você nem percebe que essa rotina é prejudicial, você simplesmente “faz como sempre fez”.

E quando falamos de nos organizar, um dos pontos chaves é tormar decisões conscientes sobre o que você quer incluir e o que você quer retirar do seu dia-a-dia (desde aquele casaquinho no fundo da gaveta até a mania de experimentar cinco mudas de roupas de manhã e sair atrasado, ou apertar o soneca 10 vezes). 

Organize sua rotina, e suas mini rotinas, de forma consciente para que elas otimizem o seu dia e o seu tempo.

Avalie tudo que você faz no seu dia-a-dia e pense em como realizar de forma fluida e em uma sequência que dê praticidade  e agilidade as suas atividades. 
Por exemplo,  agrupe as atividades que tem de fazer no banheiro de manhã, ou a antes se dormir, e faça – as de uma vez só,  assim vai economizar tempo em não ficar indo e voltando.   Inclua na rotina da noite escolher a roupa do dia seguinte, assim já vai economizar tempo de manhã.  Ou ainda coloque água e comida pro cachorro quando voltar do passeio com ele, assim encerra as atividades com ele.
Esses são alguns exemplos genéricos,  só para ilustrar o meu ponto de vista. Avalie, e teste, o que funciona melhor para você, combinado?  Se precisar da minha ajuda com isso, estou a disposição para desenhar uma rotina com você também. 

Depois de avaliar e reorganizar a sua rotina macro e as menores,  REALIZE! Nos primeiros dias você estará meio que no limbo, entre a rotina antiga e a nova e isso poderá ser confuso, rsrsrs. Sim! Você tem uma rotina, mesmo sem perceber e mesmo que seja caótica kkkk. Persista  em cumprir a nova rotina,  mesmo que esqueça de algo aqui e acolá,  por pelo menos 3 semanas. Até que vire hábito.

Faça as adaptações necessárias também.  Por que na hora da aplicação você pode ver que algo que decidiu fazer não é viável, desde que  não seja viável de verdade, ok? Sono, preguiça e má vontade não contam como motivo para alterar rever a nova rotina, hein kkkk
Sempre que alterar as micro rotinas, recomece a contagem das 3 semanas, para se tornar automático.

E aí?  Quais são as suas rotinas? Me conta aqui nos comentários,  você pode servir de inspiração para alguém! 

image

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s