Blocos de Tempo – O que é e como usar

Recebo muitas perguntas sobre como manter o foco e conseguir realizar as tarefas que precisam dar conta todos os dias.

E além da regra número zero, como falo lá no Instagram, que é anotar tudo que tem pra fazer, eu normalmente sugiro que experimente trabalhar por blocos de tempo e é sobre o que quero falar aqui hoje .

Mas o que são esses blocos de tempo?

O princípio dessa metodologia é que você realize uma ÚNICA atividade por um período de tempo. Esse período pode variar de acordo com a sua realidade e necessidade, mas recomenda-se que não seja inferior a 15 minutos, pois levamos de 1 a 3 minutos para estar 100% focados e concentrados na atividade. Então para tirar melhor proveito desse foco mantenha-se nessa atividade por um tempo, de no mínimo 25 minutos.

O mais importante aqui é que você se dedique a uma ÚNICA atividade mesmo.

Então coloque um alarme ou cronômetro e dedique-se a fazer só essa atividade até que ele toque. Desligue de todo o resto e dedique-se ao que estiver fazendo, assim irá aproveitar ao máximo os benefícios do foco.

Antes de começar certifique-se de que poderá se concentrar na atividade. Coloque o celular no silencioso ou modo avião (se puder, guarde na gaveta),  avise aos colegas que está em uma atividade que não pode ser interrompida, tire o telefone fixo do gancho, enfim garanta que só será interrompida se algo estiver pegando fogo kkkk.

E em quais atividades devo usar o bloco de tempo?

Isso depende totalmente de você e até mesmo do seu dia. Avalie onde você precisa de mais foco e atenção – seja pela característica da tarefa ou pelo prazo (algo que você precisa entregar a tarde vale um bloco de tempo na parte da manhã para ser finalizado, por exemplo).

Outra aplicação que funciona bem é para aqueles dias que você tem que dar conta de tarefas de áreas diferentes. Usar um bloco para cada área pode te ajudar a se manter centrada sem dar aquela surtada, que conhecemos bem, rsrs, tentando fazer tudo ao mesmo tempo. Avalie quanto tempo pode ou precisa dedicar pra cada área.

E o principal – que eu não canso de repetir – é você experimentar várias vezes pra entender o que e como funciona pra você. Não economize nos testes, faça com tempos diferentes, para atividades diferentes, em dias diferentes, com humores diferentes. Teste, teste e teste até ter clareza dos melhores usos.

Acredito muito que magia da organização é quando a customizamos ao máximo pra nossa vida, por isso que faço questão de ajudar meus clientes de atendimento individual a construírem o seu sistema de organização próprio, dando atenção as suas prioridades e áreas da vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s