Nota

Agenda semanal – o que é e como usar

image

Semana começando e um novo mês vindo aí. Achei um bom dia para falar sobre uma ferramenta pra ajudar no dia-a-dia.

Agenda semanal, planificador semanal, planejador semanal, diversos nomes são usados para essa ferramenta, ela é caracterizada por uma semana ocupar uma ou duas páginas de papel.
Eu chamo de agenda semanal, mesmo usando para mais do que só compromissos.

Esse modelo, como o nome já diz, permite que você tenha uma visão de toda sua semana e consiga se organizar melhor.

A proposta é que você coloque as suas tarefas, e/ou compromissos,  nos dias da semana e com isso consiga distribuir melhor as atividades. Ao mesmo tempo em que percebe se está com atividades demais ou com tempo livre e poder remanejar.

E ainda garantindo que não irá esquecer de fazer algo por que virou a página da agenda.

Sabe aquela coisa de marcar dois compromissos pro mesmo dia e horário? Ou lembrar na sexta que tinha de ter pago uma conta na terça?? NUNCA MAIS! kkkkkk

image

Essa na foto acima é a minha, que fica na mesa do trabalho. Uso uma simbologia de circular o horário quando é compromisso para destacar das atividades, que também anoto nela. Toda sexta tiro uma hora para planejar as atividades da semana seguinte, com o objetivo de distribuir as minhas ações ao longo da semana.

Agora,  tenha clareza de que ela não se preenche sozinha. Você tem de se comprometer em anotar tudo lá, inclusive o que surgir ao longo da semana.

E para ser eficaz, precisa ter consciência dos seus planos e objetivos para saber o que precisa fazer. E lembre-se sempre de  avaliar o que é importante e prioridade na hora de anotar.

Uma dica legal é você avaliar o seu horário de pico de produção – aquelas horas do dia que você rende mais – e alocar as atividades prioritárias nesses horários. 

E aí?  O que achou da agenda semanal? Me diz nos comentários se adotaria ou não 😉

Um abraço,
Gheyza Oliveira

Anúncios

05 dicas para iniciar a organização financeira

Pedi para os meus amigos comentarem que tema gostariam de ver aqui. E atendendo aos pedidos da Lara e da Claudia 💜💜💜, hoje vamos falar sobre organização financeira.

image
Foto: Pinterest

Início do ano fazemos muitos planos e a maioria deles envolvem dinheiro.  Aí vem aquela questão: como vou dar conta de ter dinheiro pra tudo isso? Para responder, você precisa conhecer sua vida financeira e o que ela comporta e como pode ampliar.

Hoje vou trazer cinco dicas para iniciar a organização das suas finanças pessoais.

1 – Tomar consciência
Sem saber em que pé está não tem como organizar. 
Coloque tudo no papel ou arquivo digital.
Liste tudo que você tem de gastos fixos e variáveis, de dívidas, de renda, de poupança,  tudo mesmo.
E avalie como está a sua vida financeira, como um todo, para você. Pois não existe certo ou errado, existe o que é ideal pra você.  Perceba se ela te satisfaz ou não. 

2 – Escolha uma forma de gerir
Escolha uma forma pra gerir e controlar seus gastos e progressos. Uma planilha,  um caderno, um aplicativo, o que for mais confortável pra você. 
Coloque suas rendas, seus gastos fixos e o seus objetivos. 

Defina seu orçamento mensal.

Se comprometa a lançar os gastos todos os dias.  Disciplina não é opcional, quando se trata de finanças.

3 – Trace metas mensais
Quando pensamos em relação a finanças, costumamos ficar muito no campo dos sonhos. Fazer aquela viagem, ser rica, comprar um carrão,  rsrsrs

Avalie os seus objetivos e defina metas mensais para as suas finanças, assim poderá perceber a evolução. 
Pode ser quitar uma dívida, ficar no orçamento, economizar um valor, iniciar um novo investimento, depositar um valor na poupança, comprar algo, etc, etc.

4 – Avalie seus gastos
Com regularidade confira seu controle e avalie se seu dinheiro está indo pra onde você quer.
Perceba quantas compras por impulso fez ao longo do mês, ou se está conseguindo juntar para aquela viagem como planejou.
Assim poderá corrigir o curso antes que desande ou pode comemorar por estar no curso esperado.

Aliás, comemorar é nossa quinta dica!

5 – Comemore
Comemore seus avanços!

Gerir as finanças não significa que você vai passar a ter uma vida sofrida de privações para juntar dinheiro.  Não é sofrer agora para usufruir no futuro, é equilibrar o presente e o futuro segundo as suas aspirações e sonhos. Nem tudo agora, nem tudo no futuro.

Conseguiu quitar aquela dívida?  Comemore!
Ficou dentro do orçamento no mês?  Comemore!
Não estorou o cartão de crédito?  Comemore!

Isso te servirá como incentivo para continuar seguindo no caminho. 
Iniciar a organização exige vontade, você tem de querer mesmo e se esforçar até que se torne um hábito. Então, cada avanço e conquista merece ser muito comemorada.

E então?  Vamos arregaçar as mangas e começar???

Depois, farei outros posts sobre esse tema, me digam nos comentários sobre o que quer que eu escreva ou a sua dúvida. 

Um abraço,
Gheyza Oliveira

Pra começar tem de priorizar

image

Pensando no que gostaria de ver aqui, se estivesse buscando iniciar nos caminhos da organização, me dei conta que a priorização com consciência é um dos principais pilares para quem está começando.

Quando você se propõe a definir prioridades, você tem que tomar consciência de tudo que está envolvido. E esse é o primeiro passo para organizar, saber o que tem: o que tem de fazer,  o que tem no armário,  o que tem de dívidas,  etc
Não adianta se lamentar de que tem muita coisa pra fazer, tem de saber exatamente O QUE tem de fazer.

De posse dessa informação, entra a priorização de fato. Christian Barbosa – autor de livros sobre gestão do tempo e produtividade – ensina a dividirmos a priorização e realização de nossas atividades em três categorias: importante,  urgente e circunstancial.
Que, nas minhas palavras,  se traduz em:
Importante é o estratégico, o que de fato precisa ser feito. O que vai levar ao alcance dos objetivos estratégicos.
Urgente é o importante que foi empurrado com a barriga, rsrs, e agora tem que ser pra ontem.
E circunstancial é aquilo que não está ligado diretamente ao estratégico, mesmo quando é algo que precisa ser feito.

No trabalho,  por exemplo, importante são as principais ações,  aquelas que dão andamento aos projetos, ou o que move a sua atividade profissional. 
Urgente é aquele relatório que tem prazo, e você demorou pra começar a fazer, e agora precisa correr pra entregar ou uma demanda que veio de última hora de outra área ou instância. É o incêndio.
Circunstancial vai ser aquele documento que precisa lançar, ou dar baixa, no sistema. 

Para mim, o ponto chave da priorização é a consciência do que é de fato importante. Nem vem com “ah Gheyza tudo é importante”  rsrsrs.
Pare aí e pense naquilo que a sua vida não teria sentido hoje se não existisse, pense no que precisa ser feito e ninguém mais pode fazer (não serve não fazer como você,  hein), pense como você sonha que a sua vida seja daqui a 50 anos. Esses são alguns exemplos de algo que é importante,  é estratégico. Esses são prioridade número 01.

Quando você identifica o que tem mais relevância pra você, consegue perceber que as atividades ligadas a esses pontos são as prioritárias.

Se sua família é uma prioridade 01, as ações relacionadas a ela serão prioritárias.
Se um projeto no trabalho é prioridade 01, as tarefas ligadas a ele serão prioritárias. 

Quando você sabe quais são as suas prioridades consegue dizer não com muito mais facilidade, pois sabe o que é importante e o que é circunstancial. Consegue ter motivação para realizar aquelas atividades “chatas”, pois sabe que elas estão ligadas a algo que é importante pra você. 
Consegue produzir mais, pois sabe o que “atacar” primeiro.

Agora, entenda, priorizar é saber o que fazer primeiro e o que precisa de mais tempo e dedicação. Não estou dizendo que agora você só vai fazer o que está ligado aos seus objetivos estratégicos e ponto. Estou dizendo que eles tem de ser a maioria na sua agenda. Nem todo email é importante e mesmo assim eles precisam de uma resposta, só que os primeiros a serem respondidos são os que tem impacto nas suas prioridades. 
Faça uma lista de tudo o que você quer/tem que fazer na próxima semana e marque um x ao lado do que está ligado às suas prioridades. Elas são a maioria?? Não?  Então está na hora de reavaliar e redistribuir. 

Tire um tempo para refletir como está o seu nível de consciência do que “você tem” e escolha uma área para começar a priorizar. E mãos a obra!!!! 

Um abraço,
Gheyza Oliveira

Se organizar economiza mais tempo do que gasta

image

“Organizar dá trabalho”, “eu não tenho tempo pra ser organizar”, “isso não é pra mim”, são algumas das frases clássicas das muitas que já ouvi sobre organização. 
O que eu percebo é que a grande questão está no foco.
Quando olhamos somente para o tempo que vai levar para criar uma rotina ou arrumar as gavetas, estamos vendo só agora e desprezando os benefícios que virão depois.
Todo o tempo que você vai economizar por saber onde estão as coisas, ou o que tem de fazer depois são consequências do tempo que levou organizando as coisas.
Já parou para contar quanto tempo leva pensando o que tem de fazer agora? Ou olhando pro celular tentando lembrar por que o pegou? (nem vou entrar no mérito de quantas vez foi parar nas redes sociais)
Em média, um minuto por vez!!!
Pois é,  isso pode significar quase uma hora, ou até mais, ao longo do dia.
Quando você tem sua lista de tarefas, sobre a mesa do trabalho, pode ver o que tem de fazer com uma olhada rápida, em vez de parar e ter de forçar a memória pra lembrar o que tem que fazer. Fez a comparação?  Agora imagina isso dez, vinte, trinta vezes por dia!!  Já deu pra economizar umas horas extras, vai?
Quando tiver de realizar alguma atividade de organização olhe todo o tempo que vai economizar depois, pois esse é o papel da organização.
Ela existe para facilitar a nossa vida e nos liberar para que tenhamos mais tempo para as coisas realmente importantes, como conviver com a família ou os amigos.
Então,  ânimo e vamos lá!! 

Boas vindas!

SAM_1008Gheyza e suas agendas, Gheyza sempre tem um caderninho, Gheyza e suas listas, sem a Ghe nosso encontro não sai, que dica legal Gheyza, como você consegue Ghe?, só você pra organizar isso Gheyza, só a Gheyza pra manter tudo isso sob controle, A Gheyza controla tudo isso, que ótima ideia Gheyza……

Ouvir essas frases sempre me deixaram muito feliz e orgulhosa. Pois não fui sempre tão organizada assim, precisei estudar e buscar soluções para as minhas dificuldades de gerenciar meu tempo. E saber que essa minha “mania” de organização pode ser colocada em benefício de outra pessoa (nem que seja para organizar o próximo encontrinho das amigas, rsrs) me deixa realizada.

Embarquei em uma jornada de autoconhecimento nos últimos anos que me fez perceber que minha missão é desenvolver pessoas, é colocar meus aprendizados e meus esforços em favor do crescimento, seja pessoal ou profissional, de outras pessoas.

Espero que esse blog se torne um canal para essa missão – e que possa aprender muito mais com você – através de tudo que tenho aprendido sobre organização e autodesenvolvimento também, afinal o lado de fora é sempre um reflexo de como estamos por dentro, não é mesmo?

Então, sejamos muito bem vindos ao Livre e Organizada, para juntos buscarmos a melhora contínua da nossa vida e do nosso tempo.